Se você vai visitar Las Vegas, uma visita ao Grand Canyon vai te proporcionar a chance de conhecer mais dos Estados Unidos, e ver uma das sete maravilhas naturais do mundo. Ao longo do caminho, encontram-se duas outras maravilhas, só que da engenharia: a represa Hoover Dam e a ponte Mike O’Callaghan–Pat Tillman, que tem o maior arco de concreto do ocidente! Fizemos os passeios e damos todas as dicas aqui. Confira!

Como chegar até o Grand Canyon

Este artigo descreve a experiência completa a bordo de uma excursão, feita de ônibus. Se você está pensando em ir de carro até lá, e ainda não alugou o seu veículo, clique aqui para pesquisar preços de aluguel de carros em Vegas e nos EUA através da nossa parceria com a RentalCars. Não deixe de ler as dicas a seguir, sobre os pontos mais interessantes do Grand Canyon!

O passeio ao Grand Canyon tem início em Las Vegas, e a primeira parada é no centro de operações da empresa, localizado fora da cidade, onde é servido um café da manhã simples e é feito o checkin. Compramos a excursão através da Viator, nossa parceira, uma das operadoras de turismo mais famosa do mundo. Você pode obter preços e informações sobre como reservar, clicando aqui.

Após o checkin, embarcamos novamente no ônibus que nos pegou no hotel e seguimos viagem, deixando Las Vegas a caminho do primeiro ponto de interesse, a famosa represa Hoover Dam, criada nos anos 30, como parte de um plano para abastecer Las Vegas e outras cidades do estado e também da Califórnia.

A represa criou uma enorme bacia e acabou controlando as enchentes do rio Colorado, já que ele costumava causar alagamentos no final do seu percurso, na Califórnia. Durante a passagem pela represa o motorista parou o ônibus para que pudéssemos tirar fotos, o que foi ótimo, porque pudemos ver a enorme ponte de perto, duas construções realmente impressionantes no meio do deserto. O fato de as estruturas terem sido construídas nos anos 30 demonstra como a engenharia americana sempre esteve à frente de outros países do mundo.

Passada esta parte do passeio começa a verdadeira aventura, que é o caminho até o Grand Canyon.

 

LEIA TAMBÉM:   Viagem de Trem Nova York Filadélfia: Dicas e passagens

 

As paisagens dos desertos de Nevada e Arizona são realmente impressionantes, e, às vezes, se tem a impressão de estar em outro planeta, já que a terra é vermelha e a atmosfera é seca e quente, provavelmente diferente de qualquer outro lugar que você já visitou na sua vida. Não deixe de prestar atenção na floresta das famosas árvores Joshua, encontradas apenas naquela parte do planeta. O guia irá mencionar as árvores quando o ônibus passar pela impressionante vegetação.

A viagem demora um pouco, em torno de duas horas e meia, a partir do momento em que se deixa Hoover Dam, até chegar a uma estação de apoio. Ali todos os passageiros têm que trocar de ônibus, passando para outro de apenas um andar e um pouco mais velho (mas ainda assim com ar condicionado e assentos reclináveis), para começar um verdadeiro rally até o Canyon. A pista nesta parte do caminho é uma estrada de terra batida, o que só aumenta o charme da viagem, porque só então começam a aparecer os paredões que formam o Canyon. Você provavelmente vai notar que até a vegetação muda também, e começa a ficar mais verde e com menos cara de deserto, provavelmente por causa da proximidade do Colorado, o rio que formou o canyon.

O West Rim, ou beira oeste do canyon, na verdade, fica dentro de uma reserva indígena, dos índios Hualapai, e todo o passeio, a partir da chegada na recepção da entrada do parque, é de responsabilidade dos índios, que você com certeza verá caminhando pela reserva nos seus trajes típicos.

A primeira coisa a fazer é ouvir as instruções do seu guia, que irá explicar a que horas você deverá estar de volta ao ponto onde foi deixado, para pegar o ônibus de volta a Las Vegas. O passeio que fizemos partia bem cedo pela manhã e o horário de retorno era às 15h30, chegando a Vegas por volta das 18h30. Como chegamos à reserva às 11h30, tivemos quatro horas para fazer o passeio pela reserva inteira, o que inclui três paradas especificas sobre as quais falaremos em detalhe a seguir:

Eagle Point

Esta é a primeira parada, a Eagle Point, onde fica localizada a famosa atração Skywalk, uma plataforma de vidro e aço construída na beira do Canyon, e que supostamente dá a impressão de se estar andando sobre o céu. Esta opção pode ser incluída no passeio da Viator por mais 60 reais.

LEIA TAMBÉM:   Como ir para Harvard - Visite a universidade mais famosa do mundo

Eagle Point tem uma paisagem bastante interessante, e você com certeza ira se surpreender a primeira vez que vir a grandeza do Canyon, já que a maravilha natural é de uma imponência inimaginável. O Canyon tem cerca de 200 metros de profundidade em alguns pontos, e a paisagem é fenomenal. Não deixe de prestar atenção aos exemplares de moradias dos índios, que ficam por trás do Skywalk Café, e são bastante interessantes. As placas na frente de cada uma dessas moradias explicam os fatores que inspiraram a sua arquitetura, todos eles ligados à natureza e à conexão dos povos indígenas com os elementos da magnífica paisagem que os circula há milhares de anos.

Não esqueça que o passeio inclui também um almoço, que é mais como um lanche, composto por um sanduíche, batatas fritas, uma fruta e uma bebida de sua preferência. Você pode comer em qualquer um dos três pontos de parada, mas tente comer em um dos dois primeiros, pois se demorar muito vendo as atrações pode acabar ficando sem tempo para o lanche.

Mas não pense que isto é tudo, pois a próxima parada, Guano Point, tem paisagens ainda mais impressionantes que Eagle Point. Para chegar lá, basta se dirigir ao ponto onde foi deixado pelo ônibus, já que todos os próximos ônibus levam até a segunda parada.

 

 

É possível comprar ingressos para diversos passeios em Las Vegas e arredores através da nossa parceria com a Viator. E o melhor, o serviço é em português, e você pode ver os preços em reais! Desde passeios de helicóptero de Vegas até o Grand Canyon, a ingressos para os famosos espetáculos da cidade, o catálogo da empresa tem opções para todos os gostos. Clique aqui para visitar a página.

 

Guano Point

A uma curta jornada de ônibus (incluída no preço do passeio) de Eagle Point, a cerca de 10 minutos, fica o ponto mais impressionante desta parte do Grand Canyon, Guano Point. Isto porque Guano Point tem duas espécies de mirantes naturais, formações rochosas que são ainda mais altas que as bordas do Canyon, e, se você tiver disposição para subir ao topo delas, não se arrependerá, pois a vista é magnífica.

LEIA TAMBÉM:   Visita ao Empire State Building - Dicas e ingressos

Em Guano Point há também outro restaurante, com um espaço maior e com mais cobertura do que em Eagle Point, então, se você quiser aproveitar para retirar a sua refeição lá, talvez seja uma boa ideia, já que a comida servida em Guano Point é melhor do que a encontrada em Eagle Point. Além do mais, em Guano Point é mais provável que você consiga um lugar coberto para sentar e comer, o que é mais difícil no primeiro ponto de parada.

Por ter menos construções que Eagle Point, como os exemplos das moradias históricas dos índios e o Skywalk, esta parte do canyon parece ser mais virgem, e menos afetada por intervenções humanas, e lá será possível apreciar de melhor forma a paisagem deslumbrante do lugar.

 

 

Rancho dos Hualapai

O terceiro e último ponto do passeio é o rancho dos indíos Hualapai, uma espécie de recriação de um rancho do faroeste, onde você poderá ver animais, apresentações de danças folclóricas dos índios e também poderá fazer um passeio a bordo de um wagon, uma espécie de carroça antiga usada pelos índios e pelos primeiros exploradores do oeste americano.

Atenção: se tiver alugado um carro em Las Vegas, não é recomendável que tente fazer o passeio até o Grand Canyon de carro, já que postos de gasolina na região são escassos e a estrada de terra é precária. Em caso de chuva ou ao anoitecer, você pode ter problemas para encontrar o caminho de volta até Vegas, portanto, a melhor opção, sem dúvida, é ser levado até lá por uma empresa especializada no passeio.

Caso tenha interesse em adquirir o passeio ao Grand Canyon saindo de Las Vegas, pode fazê-lo através de nossa parceria com a Viator. Clique aqui e pesquise os preços. A confirmação é imediata e você receberá o voucher de confirmação ao completar a reserva, o documento que deve ser apresentado no dia do passeio.