Localizada a poucos menos de três horas de Boston, a ilha de Martha’s Vineyard é um dos lugares de maior beleza natural encontrados na costa leste dos EUA. Com centenas de quilômetros de praias, belíssimos vilarejos preservados pelo tempo e fauna e flora estonteantes, a ilha atrai ricos e famosos, além de turistas do mundo inteiro. Fizemos o passeio de Boston para Martha’s Vineyard com guia e damos todas as dicas aqui.

Martha’s Vineyard é a maior ilha de toda a Costa Leste dos EUA que não tem nenhuma conexão com o continente. O acesso se dá apenas por barco, avião ou helicóptero, e os locais fazem de tudo para manter as influências externas fora de lá, proibindo que empresas como Mc Donalds, Burger King e outras redes importantes dos EUA se instalem, o que dá ao lugar um charme único.

A ilha tem inúmeras praias e vilarejos, cada um com seu charme distinto, e se você quiser realmente conhecer o máximo possível durante uma visita rápida, a melhor formar é fazendo um passeio guiado, já que o guia te leva para todos os principais pontos turísticos de Marthas Vineyard, otimizando o seu tempo na ilha. Este passeio é perfeito para quem tem alguns dias em Boston e gostaria de fazer algo diferente enquanto lá.

Como ir de Boston a Martha’s Vineyard

O passeio da Viator é feito por uma empresa de Boston que opera por toda a região da Nova Inglaterra, e que oferece um serviço fantástico, altamente profissional e por preços atrativos.

O passeio inclui embarque no hotel, que acontece cedinho, por volta das 7 da manhã. A van tem capacidade para 12 passageiros, é equipada com ar condicionado, aquecedor e a empresa oferece água e alguns lanches pequenos durante a viagem. O veículo sai de Boston com destino a Woods Hole, de onde parte o ferry para Martha’s Vineyard. A viagem até lá dura 2 horas, e passa por alguns lugares fantásticos, como Falmouth, em Cape Cod.

LEIA TAMBÉM:   Como ir de trem de Nova York para Boston: Dicas e passagens

Ao chegar no porto de Woods Hole, você tem meia hora para conhecer rapidamente a área, e pode aproveitar para tomar um café e comer um lanche na padaria do local, que é super charmosa, e fica pertinho.

 

 

Em Woods Hole você deverá embarcar no ferry que parte às 9:30. Todos os bilhetes para o passeio lhe serão entregues no dia da viagem, em um envelope que contém os bilhetes do ferry, um cupom para desconto nas lojas da ilha e também o bilhete que comprova que você adquiriu o passeio panorâmico guiado de 3 horas.

A travessia de Woods Hole para a ilha leva apenas 45 minutos, e você pode aproveitar o percurso na parte superior do deck, vendo a vista, que é linda! Ao chegar lá, você deverá seguir para a esquerda do ponto de descida, onde encontrará o guia com uma placa com o sinal da New England Tours, para então embarcar no passeio panorâmico que te levará para as mais belas partes da ilha!

 

 

O que ver em Martha’s Vineyard

Ao contratar o passeio guiado, você será levado para conhecer todos os principais pontos turísticos de Martha’s Vineyard, dando uma volta na ilha. Eles são: Vineyard Haven, Chilmark, Falésias de Gay Head, Cemitério de John Belucci, Edgartown, Ponte de “Tubarão” e Oak Bluff, com parada final em Vineyard Haven para refeição.

Chilmark

Talvez você não saiba, mas Martha’s Vineyard foi uma das locações para o filme Jaws, de Steven Spillberg, e várias partes da ilha foram usadas nas filmagens. Durante o passeio, o guia lhe levará até a pequena vila de pescadores chamada Chilmark, onde algumas cenas foram gravadas. A vila fica numa bela praia de área dourada, que tem pouco para se ver além da enseada e os barcos dos pescadores, além de um pequeno mercado.

 

LEIA TAMBÉM:   Trem de Nova York a Washington: confira dicas e saiba como comprar passagens

 

Gay Head Lighthouse

Esta parte do passeio é fenomenal. Esta área da ilha é lindíssima, e lá há falésias, além de um farol de tijolos vermelhos que pode ser visto de várias partes. A visita à esta parte é rápida, mas Gayhead tem um mirante com vistas de tirar o fôlego da ilha, daquele estilo de paisagem que a gente vê em filmes que se passam na Costa Leste dos Estados Unidos. Areia dourada, casas de madeira e um lindo farol para completar o visual.

 

 

Cemitério

Depois de passar por Gay Head, o guia nos levou até um cemitério super charmoso, onde está enterrado o famoso ator Jim Belushi, No caminho até lá, o guia também dá detalhes de lugares onde se hospedam dois presidentes americanos nas suas férias de verão, Obama e Clinton. A ilha fica cheia de celebridades e poderosos americanos durante a alta estação, e vários deles tem casas lá.

 

 

Edgartown

Edgartown é a Beverly Hills de Martha’s Vineyard. Apesar de ser uma ilha que no geral abriga apenas pessoas de classe média alta, este vilarejo tem apenas mansões, algumas delas de propriedade de empresários importantes dos EUA. Durante o passeio, fizemos uma parada em Edgartown para ver de perto algumas destas casas, além da linda enseada da pequena cidade. Enquanto lá, não deixe de conferir a plataforma elevada que fica na frente do mar, uma espécie de arquibancada, de onde se tem uma vista fenomenal da baía e da cidade.

 

 

Ponte de Tubarão

No caminho de Edgartown para a próxima vila, chamada Oak Bluff, nós passamos novamente pelo litoral, e desta vez por um ponto famoso da ilha, uma ponte que foi usada nas gravações do filme Tubarão, de Steven Spilberg. Nesta cena do filme, o Tubarão passa por baixo desta ponte, que desde então atrai turistas do mundo inteiro que são fãs do filme.

LEIA TAMBÉM:   Cirurgia Plástica em João Pessoa pelo Dr Wagner Leal

Oak Bluff

Em Oak Bluff, tem-se a sensação de estar num lugar de conto de fadas. Isto porque, as casas são todas de uma vertente peculiar da arquitetura vitoriana. Todas de madeira, as casas são pintadas em cores vivas e diferentes (que lembram São Francisco e Nova Orleans), e são cheias de detalhes únicos a cada uma das propriedades. Nosso guia parou em Oak Bluff e nos deixou passear um pouco pela vizinhança para apreciar toda a beleza deste ponto turístico de Martha’s Vineyard, e não saímos desapontados!

 

 

Onde comer em Martha’s Vineyard

No final do passeio, o guia nos deixou de volta no ponto original de partida, pertinho do porto onde saem os barcos de volta para Woods Hole. Lá, há um restaurante famoso da ilha, que existe desde os anos 70, chamado the Black Dog. O restaurante fica na beira mar, e tem uma decoração super legal, que remete ao oceano.

Os preços não são muito elevados, e os pratos principais custam entre 18 e 25 dólares, e há de tudo no menu, as especialidades sendo saladas, sanduíches e frutos do mar. Provamos o famoso Fish and Chips (prato mais inglês que americano, mas estamos na Nova Inglaterra, afinal de contas). A porção era enorme! A sobremesa também estava deliciosa, e vale a pena provar. Com duas cervejas, a conta para uma pessoa saiu 45 dólares.

O veredito: Martha’s Vineyard é um lugar mágico, que não pode deixar de ser conhecido. Como Boston é uma cidade relativamente pequena, que pode ser visitada facilmente em dois dias de passeio, se você tiver tempo disponível enquanto lá, não deixe de ir até esta linda ilha, e tenha uma experiência inesquecível!

Clique aqui para obter mais informações sobre o passeio.