Com um charme do Velho Mundo ainda maior que Boston, a cidadezinha de Cambridge tem uma coleção de prédios de importância histórica, em especial os que fazem parte da centenária Universidade de Harvard. Fomos conhecer a cidade que abriga a famosa instituição e podemos vivenciar um pouco do dia-a-dia dos estudantes. Confira as dicas e fotos exclusivas e programe o seu passeio.

Embora a maioria das pessoas pense que a Universidade de Harvard fica em Boston, ela está localizada na cidade de Cambridge, que faz parte da grande Boston, mas do outro lado do rio Charles, que corta Boston e separa as duas cidades.

Como chegar à Universidade de Harvard saindo de Boston

O sistema de transporte público de Boston é maravilhoso, e Cambridge está ligada a Harvard através do famoso T, como é apelidada a rede de metrô e de trens da cidade. A estação de Harvard (Harvard Square) fica na linha vermelha do T, no sentido Norte (Archway é a última estação) e se você estiver saindo do centro de Boston, a viagem não dura mais que 20 minutos. Existem vários tipos de passes disponíveis, e o que vale para um dia inteiro, custa $10,99. Como a maior parte das atrações de Boston fica no centro da cidade e pode ser facilmente explorada a pé, decidimos comprar o passe de um dia para metrô apenas para visitar Cambridge e outra parte de Boston que fica do outro lado do rio, chamada Charlestown, de importância histórica e com pontos turísticos populares, como o navio USS Constitution e a Monument Square (leia mais sobre os pontos turísticos de Boston clicando aqui).

LEIA TAMBÉM:   Trem de Nova York a Washington: confira dicas e saiba como comprar passagens
O que ver na Universidade de Harvard

A cidade de Cambridge é bem compacta, e boa parte do centro da cidade é tomado por Harvard Yard, que é o campus da universidade. Lá se encontra a maior parte dos prédios da instituição, sobre os quais iremos falar mais detalhadamente a seguir.

Ao sair da estação de metrô você verá que existe uma espécie de quiosque, o centro de informações turísticas, onde pode pegar um mapa do campus de Harvard e também da região central de Cambridge (custa apenas 25 centavos de dólares).

Embora todos os principais prédios estejam localizados dentro dos muros do Harvard Yard, existem outras atrações fora do perímetro da universidade, como Cambridge Common, que tem vários monumentos e até uma estátua de Abraham Lincoln. Este parque é cercado de prédios históricos interessantes, como pequenas igrejas e casas antigas, e é uma das principais atrações de Cambridge, Massachusetts.

 

 

Harvard Yard – O campus da Universidade de Harvard

Harvard Yard é dividido em duas partes, Old Yard e New Yard. No Old Yard ficam os prédios mais antigos como University Hall, onde funciona a faculdade de Artes e Ciências. Na frente deste prédio há uma estátua de John Harvard, o fundador da universidade. A estátua é muito popular entre os turistas, não deixe de tirar uma foto com o criador desta instituição de importância mundial!

A maioria dos prédios nesta parte é composta de “dorms”, os dormitórios dos estudantes que residem na universidade, alguns deles bastante antigos. Caminhando para New Yard você verá a belíssima Memorial Church, a imponente igreja do campus. A enorme torre branca reluz ao sol e ajuda a compor uma paisagem fenomenal. Imagine como deve ser estudar em meio a tantos prédios históricos tão lindos e importantes. Deve ser, no mínimo, inspirador!

LEIA TAMBÉM:   Passeios e pontos turísticos de Boston

De frente para a igreja fica a Widener Library, a maior biblioteca de Harvard. O prédio se destaca, e você vai perceber o grande movimento de pessoas nesta parte do campus. Uma das partes mais interessantes da visita a Harvard é ver os estudantes caminhando pelo Yard, correndo para as suas aulas ou combinando com os colegas de se encontrar para estudar, exatamente como nos filmes de Hollywood, como A Rede Social, que conta a história de Mark Zuckerberg, criador do Facebook e que estudou naquela instituição.

 

 

Atrás da Wildener Library fica Pudsey Library, uma biblioteca localizada no subsolo, mas que pode ser vista do alto, pois tem um jardim quadrado ao ar livre, onde pode ser vista uma bela árvore de folhas rosas.

 

 

Preste atenção nos vários monumentos do campus com placas dedicatórias, a exemplo dos imensos portais que dão acesso a Harvard Yard. Eles foram presenteados por turmas que se formaram na Universidade, como uma forma de agradecimento pelo que aprenderam lá e pelo conhecimento que usarão para o resto de suas vidas.

Se dispuser de tempo, não se limite a apenas Harvard Yard, passeie fora dos muros da universidade, e veja outros prédios interessantes que ficam ao seu redor, como o Fogg Art Museum, a Harvard Law School e também os prédios da faculdade de ciências. Caminhe também por Quincy Street, que fica atrás das bibliotecas, fora do muro do campus, uma rua que tem vários prédios de arquitetura interessante.

LEIA TAMBÉM:   Black Friday, o maior dia de promoções do comércio americano

 

 

Outro ponto que não pode deixar de ser visto é o Cambridge Common, um parque localizado fora dos muros de Harvard Yard, e que tem diversos monumentos interessantes, como o Civil Warner Memorial. Durante a Revolução Americana, o então General George Washington, futuro presidente dos EUA, reuniu tropas naquele lugar e o memorial comemora os acontecimentos daquela época tão turbulenta e importante na história dos Estados Unidos.

 

 

Existem vários lugares para comer bem e barato em Cambridge, e os preços são consideravelmente mais baixos que em Boston. Almoçamos num barzinho super interessante, que serve comida maravilhosa (como parece ser o caso com a maioria dos lugares nos EUA) chamado Tory Row. Quase de frente para a estação de metrô, o bar é compacto, mas bem transado, e frequentado em sua maioria por estudantes. Clique aqui para ler mais sobre o Tory Row e outros lugares onde comer em Boston.

 

 

 

Oferecemos a excursão “Experiência total em Boston”, que inclui o transporte a bordo de um ônibus de luxo por toda a cidade, passeios guiados e a ida até Cambridge, em parceria com a Viator, uma das maiores operadoras de turismo do mundo. Clique aqui para conferir a página e obter informações sobre o passeio.

Se quiser ler sobre mais atividades interessantes em Boston, confira nossa lista de passeios clicando aqui.